portugal2020

“No primeiro trimestre do ano registava-se uma taxa de compromisso de 78% dos fundos comunitários atribuídos ao país no contexto do programa Portugal 2020 – reconhecido como um importante instrumento para a promoção da competitividade e internacionalização das empresas nacionais. Em abril de 2019, o atual Governo anunciou que até ao final do ano, queria atingir uma taxa global de compromisso próxima de 100% e uma taxa de execução de 50%.

A reprogramação do Portugal 2020, realizado no final de 2018, trouxe novos avisos de concurso, aos quais as empresas interessadas apresentaram as suas intenções de investimento. O primeiro concurso do «Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial», que terminou no final de março de 2019, transformou-se no maior concurso de sempre do programa Portugal 2020 com 1.155 candidaturas apresentadas (por oposição ao anterior que tinha verificado 875). Com este aviso de concurso, registou-se uma intenção de investimento de 2,84 mil milhões de euros.

Até março de 2019, o valor de fundos aprovados correspondia a 20,2 mil milhões de euros, destinados a cofinanciar operações de investimento elegível no valor de 33 mil milhões de euros. A concretização dos projetos traduzia-se assim em cerca de 9,2 mil milhões de euros e numa taxa de execução de 35% (mais de 2,8 p.p. que em dezembro de 2018).”

Visite o site em https://bit.ly/2FVQ4Dv

Publicado em jornaleconomico.sapo.pt , quarta-feira, 03 de Julho de 2019

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *